Buraco Macular

Buraco Macular


O buraco macular é uma doença que afecta a Mácula, uma área de um ou dois milímetros localizada no centro da retina. É aqui que encontramos a maior concentração de células visuais, o que explica porque é que a mácula controla a definição e nitidez da visão central necessária para a leitura, escrita ou condução automóvel.

A restante retina é responsável pela visão menos precisa do campo periférico. No seu caso, a tracção tangencial originou um buraco na sua mácula. Com alguma rapidez, este buraco cresce de tamanho e os seus bordos descolam. Isto é acompanhado por uma diminuição da acuidade visual central, o que sem intervenção torna-se na maioria dos casos irreversível. Você está a descer os degraus da saúde visual sem esperança de retornar ao topo! O objectivo da cirurgia é fechar o buraco, de forma a parar a perda visual e talvez mesmo obter um pequeno ganho.

Na maioria dos casos o seu cirurgião irá proceder da seguinte forma: depois de efectuar uma vitrectomia, procedimento em que o gel vítreo é retirado com a ajuda de um aparelho denominado vitréctomo, e simultaneamente substituído por um líquido, o cirurgião em seguida remove a hialoideia posterior, que é como que o revestimento do corpo vítreo, que está colada à retina. Para ajudar a fechar o buraco o médico retira a limitante interna da retina em toda a região posterior. Esta membrana é uma película muito fina de apenas alguns micrómetros de espessura, ou, por outras palavras, dez vezes mais fina que um fio de cabelo. O cirurgião necessita de injectar uma bolha de gás no seu olho para empurrar os bordos do buraco. Esta bolha de gás, de acordo com as leis de Arquimedes, vai aumentar. Se quiser que a bolha empurre a mácula para que a sua recuperação se faça bem, necessita de colocar a sua mácula para cima, o que é o mesmo que dizer que você necessita de olhar para baixo, para o chão, baixar a sua cabeça. Isto é o que chamamos de “posicionamento”.

Você pode ir para casa tanto de carro como de comboio. Necessita estar sentado a olhar directamente para os seus joelhos.

Assim que deixar o hospital, têm que ser colocadas no seu olho gotas oftálmicas. O médico dar-lhe-á instruções específicas acerca da sua prescrição incluindo a frequência e duração do tratamento aquando da sua alta.

Poderá tirar o penso oftálmico no dia seguinte à cirurgia, mas o olho operado não é capaz de ver devido à bolha de gás.

Necessita de manter o “posicionamento” entre 3 a 8 dias. Isto pode ser difícil de manter devido ao desconforto ou mesmo dores no pescoço e ombros. Durante o dia, muitos doentes escolhem sentar-se junto a uma mesa com a cabeça apoiada nos braços ou numa almofada. Pode ler, desde que o livro esteja colocado abaixo da sua cabeça; pode andar desde que fixe o seu olhar nos seus pés. As noites serão mais difíceis. Alguns doentes dormem com a cabeça virada para o colchão, outros escolhem dormir sentados.

A bolha de gás irá desaparecer por si só em 15 a 20 dias, umas vezes mais outras menos, dependendo do tipo de gás usado. Durante a reabsorção vai ver uma bola preta no seu campo visual inferior como se estivesse a ver através de um aquário. Durante todo o tempo em que tiver gás no seu olho está proibido de viajar de avião.

Ao fim de uma semana o processo de cura está completo: pode regressar à sua vida normal e esquecer o posicionamento. Contudo ainda necessita de seguir algumas precauções durante as duas primeiras semanas:
- Primeiro, não irrite o seu olho; tenha cuidado ao usar o champô e o sabonete, e não frequente piscinas.
- Segundo, evite todas as fontes de infecção. Evite constipar-se e o contacto com pessoas infectadas. Uma infecção ocular é uma complicação grave que necessita de tratamento urgente. Se o seu olho ficar vermelho ou doloroso telefone de imediato ao seu cirurgião.

Após o desaparecimento do gás, a sua visão irá melhorar progressivamente ao longo dos 6 meses seguintes. Se tudo correr bem, e o “posicionamento” tiver sido bem executado, dentro de um mês a sua visão volta ao nível que tinha antes de ser operado e não volta a piorar. A melhoria da visão tem lugar nos seis meses seguintes. Portanto, não planeie alterar as suas lentes durante os primeiros 6 meses.

Leave a Reply